en

User blogs

Admin

A Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa (ERT-RL) informou que a praia da Adiça, na Costa da Caparica, Almada, se tornou hoje a terceira praia naturista da região, a par da Praia da Bela Vista e do Meco.

 

Em Portugal existem agora oito praias legalizadas para a prática do naturismo, sendo que três delas são na Região de Lisboa.

 

A prática de naturismo era já tolerada há cerca de 30 anos na Praia da Adiça, tendo a Assembleia Municipal de Almada dado a sua aprovação à autorização daquela prática na estância balnear, depois de obter parecer positivo da Entidade Regional de Turismo da Região de Lisboa e da Câmara Municipal de Almada.




Admin Jun 24
Admin


Todo mundo sabe que existe, mas não sabe muito bem como funciona uma praia de nudismo não é mesmo?

Mas afinal, existe regras? E o que acontece por lá? Muitas vezes essas dúvidas são cruciais para ajudar a decidir se o local pode ser uma boa opção a se conhecer ou não, não é mesmo?

Pensando exatamente nisso, nós aqui da Fatos, preparamos essa matéria para te contar precisamente tudo o que você precisa saber sobre as praias de nudismo, mas que até hoje nunca te contaram.

Confira, e não se esqueça de nos contar tudinho o que achou, ali em baixo pelos comentários.

1- É melhor você sempre trazer uma toalha, e leva-la para absolutamente todos os lugares

08

Além é claro de te proporcionar situações mais confortáveis, uma vez que você pode se cobrir caso sinta que é necessário. Trazer consigo uma toalha também é uma questão de higiene.

Afinal você está completamente exposto, e não vai querer sair se sentando em qualquer lugar, não é mesmo?

2- Não tire fotos de outras pessoas, além de você mesmo, caso se sinta confortável, isso pode dar cadeia!

03

É permitido entrar com celulares e câmeras nessas prais, por outro lado caso você fotografe ou divulgue a imagem de outras pessoas, você pode ser duramente punido por isso, afinal, estamos falando de divulgação ilegal de imagem.

3- Não, não é como nos seus sonhos eróticos, qualquer comportamento sexual é extremamente proibido

05

Se você acreditava que a “bagunça” rolava solta, você se enganou redondamente. Práticas libertinas ou que atentem ao pudor também são proibidas assim como em qualquer outro local público.

4- Existe toque de recolher

06

Na maioria dessas praias e resorts, existe um horário de funcionamento, que pode variar de acordo com o local. Isso evita que o público perambule durante a noite nessas praias, longe da fiscalização e da luz do dia.

5- Sim, pessoas jovens também frequentam esses lugares, e não apenas pessoas mais velhas como geralmente imaginamos

06

Querendo ou não, não podemos negar que existe sim um certo esteriótipo a respeito das pessoas que frequentam esses locais, e de um modo geral, imaginamos se tratar de pessoas mais velhas, visto que nessa fase da vida, é mais fácil encontrarmos pessoas bem resolvidas e que aceitam a si mesmas.

Porém, o público dessas praias é fortemente composto por ambas as idades, contendo pessoas jovens e de meia idade da mesma forma.

6- O assédio é duramente reprimido

04

Se o seu grande medo é o assédio, pode se tranquilizar. O assédio é duramente reprimido, uma vez que além de crime, a existência dele neste ambiente, acabaria totalmente com o clima e consequentemente inibiria a ida dos turistas e visitantes.

7- Existem seguranças nesses locais (vestidos)

09

Existe seguranças que são contratados especificamente para ficar nessas praias e controlar qualquer situação que saia ou fuja do controle. Os funcionários normalmente entram as 7 horas da manhã, e vão embora apenas ao entardecer.

8- Entretanto, é permitido xavecar e tentar flertar com as pessoas, desde que seja de modo consentido e recíproco é claro

07

Se você se desanimou com tantas regras, saiba que a paquera sadia e amigável é muito bem vinda. Você pode tentar se aproximar, conversar e até mesmo paquerar, só é preciso bom senso, afinal, vale lembrar que todos estarão completamente nus, e muitas vezes ser paquerado nessa situação pode ser um tanto quanto desconfortável.

E então queridos leitores, vocês poderiam imaginar que era assim que funcionava as praias e Resorts de nudismo? O que mais te surpreendeu? Se arriscaria em um programa como este? Conta tudinho pra gente aqui em baixo, pelos comentários.

Admin Jun 24
Admin

isitar praias de nudismo pode ser uma experiência interessante durante sua próxima viagem. Mesmo quem não é adepto do nudismo pode aproveitar para viajar a algum destes destinos e conhecer mais deste estilo de vida, em que a nudez e o contato com a natureza são essenciais.

Para ajudar na escolha do seu destino de viagem, separamos algumas das melhores praias de nudismo no Brasil e no mundo. Confere só:

1. Abricó, Rio de Janeiro

Abricó fica no Recreio dos Bandeirantes, zona oeste do Rio de Janeiro e conta com 800 metros de extensão. Apesar disso, apenas em uma faixa de areia de 250 metros a nudez total é obrigatória. No restante da praia, é o próprio visitante quem decide se irá ou não usar roupas. Diferentemente de outras praias de nudismo no Brasil, aqui é permitida a entrada de homens desacompanhados.

abricó

Foto: LeonardoG/Wikimedia

2. Maslin Beach, Austrália

Sede da Maslin Beach Nude Olympics (Olímpiadas nuas de Maslin Beach), a praia é um paraíso para nudistas. Localizada a 45 quilômetros da cidade de Adelaide, a parte sul desta praia é destinada aos peladões.

maslin

Foto: Thinkstock

3. Praia da Galheta, Florianópolis

Embora a nudez não seja obrigatória por aqui, a Galheta é uma praia muito frequentada por naturistas. O acesso se dá através de uma trilha de cerca de 15 minutos com início na Lagoa da Conceição, em Florianópolis. No estado há outras duas praias nudistas: a do Pinho, emBalneário Camboriú, e a das Pedras, a 18 quilômetros de Palhoça.

galheta

Foto: Herr stahlhoefer/Wikimedia

4. Playa Luna, ValparaísoChile

Quem passa por Valparaíso, no Chile, muitas vezes não imagina que está pertinho de uma das melhores praias nudistas do mundo. O acesso a Playa Luna não é fácil e exige uma caminhada de cerca de 20 minutos pela beira da praia partindo de Horcón. Na chegada, os visitantes irão se deparar com os 500 metros da única praia onde o naturismo é permitido e organizado no país, embora não seja obrigatório.

playa

Foto: Thinkstock

5. Tambaba, Paraíba

Bastante conhecida dos paraibanos, a praia de Tambaba fica no município de Costa do Conde, a 45 quilômetros de João Pessoa. Em 1991, ela se tornou a primeira praia nudistaoficial do Nordeste. Na primeira parte da praia, o acesso precisa ser feito com roupas. Após a descida de uma escadaria, a nudez passa a ser obrigatória em um trecho de 300 metros. Por lá há até mesmo um bar e uma pousada naturistas, que oferecem toda a infraestrutura para aproveitar a praia. Como outros espaços do gênero no Brasil, é proibida a entrada de homens desacompanhados.

Tambaba_W-9167_03

Foto: Joel Souto Maior/Wikimedia

6.  Black’s Beach, Califórnia, Estados Unidos

Esta praia na Califórnia permite que os visitantes escolham entre usar roupas ou não. Por aqui, a nudez só é permitida em uma faixa de areia localizada entre Mussel Rocks e Salk Institute Road.

foto-ampliada-842-42

Foto: Thinkstock

7. Massarandupió, Bahia

Quem viaja a Salvador pode reservar um dia para conhecer essa que é uma das melhores praias de nudismo do Nordeste. Ela fica na cidade de Entre Rios, a apenas 90 quilômetros da capital baiana. É lá que os visitantes poderão desfrutar de 800 metros livres de roupas, na Praia das Dunas. Homens só entram acompanhados e a roupa não é permitida nesta área da praia. Quem preferir passar mais tempo no local pode se hospedar em uma das duas pousadas naturistas localizadas a poucos quilômetros dali.

7950893892_d8923c2850_z

Foto: Fred Schinke/Flickr

8. Skagen, Frederikshavn, Dinamarca

Na Dinamarca, o naturismo é praticamente liberado. O que existe por lá são alguns poucos lugares onde a prática é proibida – e, nestes casos, a sinalização é clara para que não haja nenhum mal entendido. Na costa leste do país fica a praia de Skagen, bastante procurada por quem pretende curtir a praia como veio ao mundo.

dinamarca

Foto: Thinkstock

9. Barra Seca, Espírito Santo

A praia fica localizada em uma ilha a 50 quilômetros de Linhares e oferece 250 metros livres de roupas aos banhistas. Para chegar até o local, é preciso pegar um dos barcos oferecidos pela Congregação Naturista do Espírito Santo, em Barra Seca. A travessia dura cerca de 5 minutos e é feita pelo Rio Ipiranga. Há quiosques, banheiros e duchas disponíveis para os visitantes.

barra

Foto: Caroline M./Wikimedia

10. Cabo de Gata, AlmeríaEspanha

Assim como na Dinamarca, a Espanha é um dos lugares no mundo em que o nudismo é liberado e pode ser praticado em qualquer praia. Apesar disso, a orla do Cabo de Gata é uma das mais frequentadas por naturistas, justamente por não atrair uma grande quantidade de visitantes, segundo aponta a Federação Espanhola de Naturismo.

cabo

Foto: Thinkstock

Post por Mariana Dutra

Admin Jun 24
Admin

  1. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 11Tenha total privacidade. Feche e tranque todas as portas e janelas do quarto onde você ficará. Principalmente à noite, feche a cortina. Coloque uma toalha ou um pano perto da porta, se houver algum espaço entre ela e o chão. Você quer total privacidade, sem nenhuma interferência. É considerado educado para as pessoas em clubes nudistas levarem sua própria toalha para sentarem, então você pode começar a praticar no seu quarto.
    • Certifique-se de que você tem muitas coisas para fazer e pode ficar sozinha por quanto tempo quiser.
  2. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 22Tire sua roupa. Coloque-as em uma pilha na ordem em que você as colocaria, caso alguém bata à sua porta. Se você estiver realmente preocupada se alguém bater à sua porta, você deveria fazer isso. Entretanto, você pode manter uma toalha por perto e rapidamente se enrolar nela e dizer que você estava prestes a tomar banho, caso alguém entre.
  3. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 33Faça o que você faria normalmente. Agora que você se livrou de quaisquer obstáculos à sua frente, assim como suas roupas, você pode cumprir sua rotina diária normalmente. Então, não faça nada de especial só porque você está mais animada. Nudistas de verdade fazem o que eles normalmente fariam, só que nus – mesmo que eles sejam capazes de aproveitar muito mais e se sentirem mais livres. Aqui estão algumas coisas que você pode fazer no seu quarto:
    • Divirta-se. Leia um livro, jogue algum jogo de computador, assista TV, desenhe, pinte, jogue Paciência, faça palavras cruzadas, toque violão, etc.
    • Parta para os negócios. Incremente seu currículo, pesquise algo na internet, faça seu imposto de renda, limpe seu quarto, organize suas fotos, etc. Coisas que normalmente não seriam muito legais de serem feitas (como a faxina, por exemplo) podem ser mais agradáveis se feitas sem roupa.
    • Fique saudável. Exercícios leves, alongamentos ou ioga podem ser muito benéficos enquanto você estiver nua, principalmente na frente de um espelho de corpo inteiro, onde você poderá ver músculos e ligamentos em ação.Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 3Bullet3
    • Se dê uma massagem. Mesmo que você não seja capaz de alcançar suas costas, você pode massagear suas pernas, braços, pés, mãos, barriga, cabeça e outros lugares para aliviar a tensão.
    • Paparique-se. Se você estiver com bastante tempo à sua disposição, aproveite que você está nua e passe creme hidratante em todo seu corpo, enquanto você relaxa em cima de um cobertor.
    • Seja ousada. Ligue para uma amiga e fale com ela enquanto estiver nua sem que sua amiga saiba. Veja qual a sensação de interagir em um nível platônico com alguém enquanto você não estiver usando nenhuma roupa. Se você se sentir perfeitamente confortável, talvez você se junte a algum grupo nudista no futuro, quando você estiver pronta.Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 3Bullet6
    • Saiba que isso não tem relação à sensualidade. Embora você fique tentada a se tocar enquanto estiver nua, o que é perfeitamente natural, lembre-se de que um dos princípios básicos do nudismo é não ter relação nenhuma com a sensualidade. Por isso é importante ter muitas coisas para fazer no seu quarto quando você fechar a porta.
  4. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 44Durma nua. Muitas pessoas dormem nuas porque elas gostam da sensação, mesmo que não se considerem nudistas. Se você quiser a prática do nudismo no seu quarto a sério, um ótimo jeito de começar e ir nua para a cama; se você for pega, as pessoas não vão achar isso estranho, já que muitos fazem isso. Deixe um roupão por perto, caso você tenha de levantar no meio da noite para ir ao banheiro. Se você for levar o nudismo a sério, você pode simplesmente levantar de manhã e sair do quarto, desde que seja possível.
  5. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 55Junte mais conhecimento em relação ao nudismo. Outra coisa interessante a se fazer enquanto você estiver sozinha no seu quarto é pesquisar online sobre o nudismo. Há muitas coisas que você deve saber sobre o nudismo antes de você dizer que realmente o entende. Aqui está uma lista de enganos que as pessoas cometem comumente:
    • Muitos nudistas, na verdade, preferem serem chamados de naturalistas.
    • Nudismo não tem a intenção de ser sexual. Ficar nu deveria ser algo completamente natural, ao invés de causar desconforto ou excitação.
    • Nudismo é recuperar a liberdade que as crianças sentem em andarem nuas. Você tem de parar de pensar em todas as restrições impostas pela sociedade e deixar a criança dentro de você tomar conta. O nudismo é brincalhão.
    • Nudismo também é chamado de naturalismo exatamente por voltar ao seu estado natural.
    • Embora seja ilegal ficar nu em locais públicos, a prática do nudismo não é ilegal, a menos que você more no Estado norte-americano de Arkansas, na Arábia Saudita, Irã ou alguns outros lugares.
    • Nudismo não possui nenhuma relação com perversão sexual. Nudistas têm uma vida sexual perfeitamente saudável; eles não fazem seu dia-a-dia mais sexual só porque não estão usando roupas. Isso também não quer dizer que eles sejam assexuados. Ser parte de um grupo nudista não quer dizer que você precisa ser altamente sexual, só porque está “pelado”.
    • Você não precisa ter um corpo perfeito para ser nudista. O que você realmente precisa é estar confortável com a maneira como você é.
    • Você também não precisa estar nu o tempo todo para ser nudista. Muitos nudistas têm empregos normais e usam roupas quando “precisam”, embora eles sempre procurem por oportunidades para ficarem nus e se expressarem.
  6. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 66Se vista novamente. Infelizmente, você não pode ficar nu no seu quarto para sempre. Quer seja para se encontrar com amigos no cinema ou para jantar com a família, é hora de colocar suas roupas novamente e sair para o mundo. Se você estiver se sentindo desconfortável colocando a roupa novamente e não aguenta mais andar para lá e para cá de roupa, então talvez seja hora de começar a pensar em levar o seu nudismo para outro nível.

Método2Levando seu Nudismo para o Próximo Nível

  1. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 71Um cômodo por vez. Assim que você estiver completamente confortável com a prática do nudismo no seu quarto, você pode levar para o próximo nível. Se você só quiser praticá-lo no seu quarto, há chances, então, de você morar com colegas ou membros da família que podem não entender completamente seu novo estilo de vida. Se esse for o caso, então você tem as opções de falar com eles e ver como reagem (a opção mais difícil) ou começar a explorar outros cômodos da casa quando você estiver sozinho.
    • Comece indo nu do seu quarto para o banheiro quando for tomar banho. Então, tente ir para outro cômodo dessa maneira, nem que seja só por alguns minutos.
    • Quando você souber que não haverá ninguém em casa pelas próximas horas, feche as cortinas e divirta-se andando pra lá e para cá pelado.
    • Certifique-se apenas da existência de um “plano B” caso alguém chegue em casa mais cedo do que o esperado (se você realmente se importar em explicar porque estava vendo TV pelado).
    • Você pode ter sempre uma toalha por perto, para se enrolar nela e dizer que estava saindo do banho. Entretanto, se você realmente acredita no nudismo, não vai querer se esconder para sempre, não é?
  2. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 82Explore. Assim que você dominar a arte de andar nu pela sua casa, você pode dar o próximo passo. Se você mora em uma área relativamente isolada, ou perto de uma, então veja como é bom andar nu pelo quintal, algum matagal ou em uma praia deserta. Esteja preparado para a reação de alguém que possa te ver e ficar com a impressão errada, e faça isso na área mais isolada que você puder. Por exemplo, você pode ir fazer uma trilha em um matagal bem isolado ou ir à praia deserta e só lá se despir.
    • Veja se você gosta de estar tão perto dos elementos. É algo que você gostaria de fazer por mais tempo, e sem se sentir estranho?
  3. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 93Fale sobre isso com as pessoas mais próximas. Se você gostou da liberdade que sentiu quando ficou nu, então talvez você queira conversar com entes queridos sobre isso. Fale com seu melhor amigo, sua namorada ou seu namorado ou até mesmo (com muita cautela!) com seus pais, caso você sinta que esse desejo se tornou uma parte essencial em você e as pessoas devam saber sobre ela. Esteja preparado, pois algumas pessoas podem não entender o que o nudismo representa e podem acabar te julgando. Mas não se preocupe, elas acabarão aceitando. E se não aceitarem, você dará um jeito de lidar com isso.
  4. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 104Conheça pessoas que pensem de maneira parecida. Se você gostar de ser nudista, então você precisa dar o próximo passo no seu interesse e conhecer pessoas de comunidades nudistas, que saibam de lugares bons e seguros para a prática do nudismo. Estas comunidades lhe ajudarão a achar lugares onde você pode praticar, quer seja em uma residência particular ou em algum clube.
    • Você também pode pesquisar praias ou resorts nudistas.
    • Não tenha medo. Se você encontrar a casa certa, você não entrará em um lugar sexualizado ou predatório. Pesquise os ideais do grupo antes de mergulhar de cabeça. Recreação nudista deveria representar a aceitação do próprio ser e do respeito à sua individualidade e de se sentir livre, não desconfortável.
  5. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 115Considere “férias das roupas”. Se você não está confortável com a ideia de ficar pelado onde você mora, pesquise resorts nudistas. Você pode pesquisar na internet mesmo por “spas nudistas” e achar um lugar que seja perfeito para você. Esta pode ser uma excelente maneira de imergir nesse grupo sem sentir que a qualquer momento você encontrará sua mãe ou sua professora da sexta série.
  6. Imagem intitulada Practise Nudism in Your Room With No One Knowing Step 126Se você não estiver confortável, guarde tudo para si mesmo. Nudismo público não é para todos. Se você quer ficar nu apenas no seu quarto ou na sua casa, não há nada de errado. Você não precisa ser nudista em público, ou perto de outros nudistas. É expressar o que você pensa e sente de uma maneira que "lhe" deixe feliz. Então, divirta-se ficando nu – onde quer que seja!

Dicas

  • Mantenha o volume de música ou sons no mínimo (incluindo fones de ouvido) para que você possa ouvir caso alguém entre ou bata na porta enquanto você estiver nu.
  • Tenha um roupão e chinelos sempre à mão, caso você precise sair do quarto para atender a porta, ir ao banheiro, atender ao telefone, comer algo, etc. Será muito mais fácil do que colocar todas as suas roupas novamente, para tirá-las logo em seguida. Entretanto, esteja pronto para responder perguntas, caso alguém te veja. “Ah, eu estou indo tomar uma ducha!” é uma resposta razoável. Mas é claro que, então, você precisará fazer isso mesmo.
  • Lembre-se de aproveitar esse tempo consigo mesmo e se divertir! Esta é a sua oportunidade para apreciar o quão único você é como pessoa.
  • Faz parte da etiqueta nudista levar sua própria toalha para sentar quando você for em um resort ou algum evento. Mesmo que você não esteja preparado ainda para ir a este tipo de socialização, é sempre bom praticar levando uma toalha para o seu quarto, onde você poderá sentar enquanto estiver no seu “intervalo nu”, para que você possa se acostumar com a ideia.
  • Se você planeja ficar nu no seu quarto por uma hora ou mais, então talvez você queira levar algo para comer e beber.

Avisos

  • É melhor praticar o nudismo quando seus pais ou cônjuge não estiverem em casa. A sensação pode ser diferente se você puder se isolar no seu quarto sem que alguém ache este tipo de comportamento suspeito ou fique lhe fazendo perguntas. Uma maneira de fazer isso é tomar um "longo" banho.
  • Se você for mulher e estiver menstruada, tome as devidas precauções.

Admin Jun 24
Admin

Quem nunca teve a vontade de viver a experiência de conhecer alguma das praias de nudismo espalhadas pelo Brasil e pelo mundo? Existe certa magia nesses lugares, afinal de contas você pode unir liberdade com entretenimento, mas quais seriam as regras básicas para você conviver com naturistas e curiosos sem causar nenhum constrangimento?

Veja depoimentos de quem já frequentou praias de nudismo e dicas para aproveitar esses lugaresArquivo pessoalVeja depoimentos de quem já frequentou praias de nudismo e dicas para aproveitar esses lugares


Leia também: Que tal uma viagem para Fernando de Noronha? 5 dicas para aproveitar a ilha

Na coluna dessa semana, conversamos com algumas pessoas, com exclusividade, que tiveram a experiência de conhecer algumas  praias de nudismo , além de um especialista em comportamento, que nos dará toques preciosos de como conviver em harmonia com todos, sem ser abusivo, chato ou tímido.

Essas praias diferem de outros locais de entretenimento e de recreação, pois permitem a qualquer pessoa a liberdade de ficar nu. Existem regras, é claro, mas elas são essencialmente destinadas a garantir o conforto e o prazer dos usuários.

São muitas as opções de praias de nudismo espalhadas pelo mundoArquivo pessoalSão muitas as opções de praias de nudismo espalhadas pelo mundo


Ao longo dos anos, essas praias naturistas tornaram-se aceitáveis e legais perante o público e as autoridades e são protegidas pelos poderes constituídos. Além disso, as pessoas lentamente se tornaram mais abertas à ideia de poder nadar, caminhar e brincar sem vestimentas e não considerar isso erótico.

Se você quer desfrutar da liberdade natural de ficar nu, as praias naturistas são locais perfeitos para começar.

Corpos perfeitos? 

A primeira experiência do jornalista Rodrigo Zanetti com naturismo foi no Brasil na Praia Mole, em Santa Catarina, e em Tambaba, na Paraíba, mas ele narra as experiências que teve nas praias europeias, e lá o primeiro contato que teve com o nudismo foi na Super Paradise , em Mykonos , na Grécia , no verão de 2010. 

Rodrigo Zanetti em uma das praia de nudismoArquivo pessoalRodrigo Zanetti em uma das praia de nudismo


“É uma clássica praia gay, onde me senti bem à vontade porque mistura paraíso natural com uma pegada de micareta e barracas de praia animadas que lembram muito as barracas do litoral norte paulistano”, conta Zanetti. “Aliás acho que a cantora Sia arrumou inspiração para escrever 'Chandellier' depois de ter visto o que eu vi: caras malhados de corpos perfeitos balançando no lustre de um bar-balada na praia”, completa.

Leia também: Brasileiro dá dicas essenciais para a primeira vez em Hong Kong

Ele diz, entretanto, que lá não é uma praia democrática , e quem não tem o corpo perfeito, não se sente bem lá. O jornalista brinca que o ideal é contratar um personal trainer e colocar o corpo em dia antes de viajar. Mas a experiência compensa. “O cenário é perfeito: pessoas belíssimas e o lindo mar mediterrâneo verde esmeralda com sua água quentinha faz você se sentir no paraíso”, fala.

Sexo ao ar livre?

O fotógrafo Leo Farah afirma que adora esse tipo praia e vai sempre que pode. Conhece Abricó, no Rio de Janeiro, e Galhetas, em Santa Catarina.  “É um lugar de relaxamento e aceitação do corpo. Porém, como em todo lugar, existem pessoas sem noção, que tentam chamar a atenção se masturbando em público”, expõe. 

Leo Farah gostou mais das experiências que teve nas praias brasileirasArquivo pessoalLeo Farah gostou mais das experiências que teve nas praias brasileiras


Ele explica que é um lugar de liberdade e normalmente existem áreas mais afastadas onde as pessoas praticam o sexo livre. “Sempre tive curiosidade em conhecer essas praias, já chego e me integro. Roupa é um detalhe. Conheci também a praia de Sandy Hook , em New Jersey , próxima a Nova York , lá as pessoas são mais ousadas e transam na frente de todos”, diz.

Ele já frequentou também lugares de nudismo no Caribe, mas não gostou. “Existe prostituição nesses locais e fogem do conceito do naturismo”, conta.

Tirando a roupaCelso Alves conta que quando tirou a roupa se sentiu bem a vontadeArquivo pessoalCelso Alves conta que quando tirou a roupa se sentiu bem a vontade

Em 2010, o profissional de relações públicas Celso Alves viajou com alguns amigos para a Europa, mais especificamente para o leste europeu. Ficaram na Croácia foram à  Ilha de Lokrum . Circularam pela ilha e se depararam com uma praia aparentemente privada com uma placa escrito FKK, que não sabiam do que se tratava.  Depois, descobriram que FKK era uma abreviatura da palavra Freikoperkultur  , que em alemão significa cultura do corpo livre. 

“Estávamos de bermuda e chamamos a atenção das pessoas por estarmos vestidos. Fiquei constrangido, tirei logo a roupa e entrei na onda, me sentindo muito mais à vontade e deixando de ser o centro das atenções. A experiência foi inusitada, me senti bem e totalmente integrado ao grupo de naturistas”, lembra Alves. 

Dicas para aproveitar a praia

Para você não queimar o filme em sua primeira experiência em uma praia naturista, conversei com o coach, mestre e doutor em psicologia Nicodemos Borges, que nos dá dicas interessantes.

“O ideal, para quem quer ir a um ambiente de nudismo, é ter em mente que precisa estar bem consigo, em relação ao corpo, e estar à vontade para ver outras pessoas sem roupa. O importante é ter naturalidade e curtir, sem ficar preocupado com comparações”, fala Borges.

Ele também diz que você deve evitar ficar olhando para as pessoas peladas, pois você pode deixar as pessoas constrangidas, afinal, você não sabe quem não gosta de ser observado. Outra coisa: essas praias não são motéis! Portanto, nada de trocar carícias íntimas e muito menos ter relações sexuais.

A principal regra é aproveitar sem se preocupar com o corpoArte: Jefferson EblackA principal regra é aproveitar sem se preocupar com o corpo


“Em relação a todos ficarem nus, depende da praia. Algumas exigem que todos estejam sem roupa e, geralmente, há placas indicativas . Outras, em que não são oficialmente de nudismo, as pessoas podem optar por ficarem nuas ou trajadas”, explica o especialista.

Borges completa dizendo que o essencial é a pessoa lembrar que o objetivo de ir a uma dessas praias de nudismo é a ideia de naturismo, não em busca de “sacanagem” ou pensando ser um “âmbito sexual”.

Fonte: Turismo - iG @ http://turismo.ig.com.br/destinos-internacionais/2017-02-24/praias-de-nudismo-como-agir.html

Admin Jun 24
Admin
Se você é daqueles que adora “deixar as coisas livres” e tem vontade de curtir a natureza à vontade, então você precisa conhecer uma praia de nudismo brasileira. 
Na Europa este hábito é super normal e famílias inteiras ficam nuas nas praias aproveitando o sol. Mas aqui no Brasil, a atitude ainda provoca bastante discussão (e até certa curiosidade) entre as pessoas que desconhecem a prática do naturismo, que lota diversas praias.
O naturismo prega a filosofia de que devemos viver em paz e harmonia com o ambiente, e que praticar a “peladez coletiva” é uma forma de respeitar a mãe natureza e a si próprio, no lugar em que estamos. 
Mas não pense que ir a uma praia de nudismo é esse bundalelê todo. Para frequentar um local desses, devem-se seguir sérias normas de conduta, entre elas a de respeitar o corpo alheio. Tudo isso com o intuito de garantir um padrão de comportamento sem excessos por parte dos que estão ali.
PELADOS
Todos tem que obedecer as regras para evitar constrangimentos ou ser expulso do local. Quem desrespeitar qualquer um dos princípios do estatuto conhecido como ‘Normas Éticas do Naturismo Brasileiro’ sofrerá consequências por parte da Federação Brasileira de Naturismo (FBrN).
PRAIAS BRASILEIRAS
Atualmente, existem oito praias de nudismo oficiais reconhecidas no Brasil, mas existem outras que são frequentadas por praticantes sem grandes problemas. Confira algumas delas na lista abaixo e escolha o seu próximo destino para curtir o passeio no melhor estilo "sem lenço e sem documento". 

imagem

#1 – Abricó (RJ). Com várias opções de lazer, a praia de Abricó está em Grumari, zona oeste. Ela foi reconhecida oficialmente como praia de naturismo apenas em novembro de 2014

FOTO: ThinkStock

imagem

#2 – Pedras Altas (SC). A praia fica no município de Palhoça e tem acesso a partir da Enseada do Brito. Com jeito de piscina natural e clima bem família, só é permitido o acesso de pessoas sem roupas

FOTO: ThinkStock

imagem

#3 – Pinho (SC). Considerada a primeira praia de nudismo do país, é também a mais badalada. O acesso é pago e controlado, o que garante a segurança dos turistas

FOTO: ThinkStock

imagem

#4 – Massarandupió (BA). A 80km de Salvador, a praia também é área de proteção ambiental. Com mar cristalino e as ondas fortes, o local é ideal para quem deseja privacidade (e liberdade)

FOTO: ThinkStock

imagem

#5 – Tambaba (PB). Com mar calmo e cheio de piscinas naturais, a praia é um cenário maravilhoso. Homens desacompanhados de mulheres não podem entrar e não é permitido filmar ou fotografar

FOTO: ThinkStock

imagem

#6 – Barra Seca (ES). Localizada no município de Linhares, a praia é a unica oficial do estado. São 2km de extensão bem reservadas para este fim e é pouco recomendado para nado devido ao mar bravo

FOTO: ThinkStock

imagem

#7 – Olho do Boi (RJ). Apesar de pequena, essa praia encanta os turistas pelo mar cristalino e limpo, sendo ideal para banhos. Apesar de linda é preciso tomar cuidado com as grandes pedras no local

FOTO: ThinkStock

imagem

#8 – Galheta (SC). A 17km do centro de Florianópolis, o local é super preservado e a nudez opcional. A praia tem água limpa e cristalina, e é ideal para o banho e esportes náuticos

FOTO: ThinkStock

imagem

#9 – Praia Brava (SP). Ainda não oficializada, a praia localizada no município de São Sebastião é bastante frequentada por naturistas. De difícil acesso, é perfeita para a prática

FOTO: ThinkStock

imagem

#10 – Jurubá (RJ). Também não é regulamentada, mas o nudismo é realizado sem maiores complicações. Localizada em Paraty, é rodeada pela Mata Atlântica e mar cristalino

Admin Jun 24
Admin
O Dia Mundial do Naturismo assinala-se esta sexta-feira. Em Portugal, são sete as praias oficiais e vinte onde é tolerada a nudez, como praias selvagens e parques de campismo. 

Em entrevista à TVI, Rui Elvas, presidente da Federação Portuguesa do Naturismo (FNP), afirmou que o preconceito em Portugal precisa de ser quebrado, uma vez que a “lei existe. A prática do naturismo está perfeitamente legalizada.”

Para os portugueses é “um ato de exibicionismo, um ato de gente que não se comporta da melhor forma. Temos que, claramente, desmistificar esta ideia”, acrescentou o presidente.


Em Portugal, os associados do naturismo são 10 mil, mas Rui Elvas garantiu que são “bastantes mais, muito mais do que o dobro” em todo o país, mas o preconceito - que passa por questões familiares e profissionais - leva a que não se tornem associados.

"Têm receio de serem fotografados, ou encontrarem alguém conhecido”, afirmou o presidente,  acrescentando: “se encontramos um naturista, uma pessoa que é conhecida, ele também estará despido.”


A FPN vê o naturismo como uma mais-valia para o turismo em Portugal, uma vez que grande parte dos turistas estrangeiros são adeptos desta prática.

“Este estilo de vida movimenta milhões de euros a nível internacional” e mesmo a nível europeu, existem países que “têm clubes com condições inéditas.”


Para Rui Elvas, “o grande problema tem a ver com o norte (do país). São pessoas que têm uma ideia mais retrógrada em relação ao naturismo.” O objetivo da federação é conseguir a aprovação das autarquias e, assim, aumentar o número de praias onde as pessoas podem estar nuas. 

O primeiro parque naturista em território português será inaugurado dia 10 deste mês  em Marvão, no Alentejo.

"É algo que esperávamos há muito tempo", admite o presidente da Federação Portuguesa de Naturismo.


A primeira prática de nudismo conhecida em Portugal remete para os anos 20 do século passado. No entanto, antes do 25 de Abril era considerado atentado ao pudor. A lei, que protege a prática, foi aprovada em 1988 pela Assembleia da República.
Admin Jun 24
Admin

Após seis anos de namoro, um belo dia seu parceiro chega com a sua melhor amiga e diz que está apaixonado por ela. O que você faz: 1) chora; 2) compra um pote de sorvete e assiste um filme triste ou 3) sai por aí transando com a geral – pelo mundo? Nem recatada, nem do lar, Laura escolheu a terceira opção e hoje sua história serve de inspiração. Vem ver porque!

A britânica Laura Jane Williams, de 30 anos, acaba de lançar um livro “Becoming” (Recomeçando, em tradução livre) em que conta os destinos que visitou depois do pé na bunda: Paris, Detroit, Itália, Bali – acompanhada de relações sexuais insignificantes com os homens – e até mesmo um com uma mulher.

34E18AAE00000578-3623363-image-a-18_1464942920896

E se você achou que esse era o fim dessa história maravilhosa, surpreenda-se com o final: diz ela ter se encontrado em um convento na Riviera italiana, onde ela deu um voto de celibato e permaneceu por três meses “se curando e se perdoando de suas ações”. Nas palavras dela, claro. Afinal, não há nada de errado em viajar e transar – e ser mulher.

“Eu não podia ir a um pub, festa ou trabalho sem olhar um homem e dizer para mim mesma: ‘este será o próximo'”, contou ao The Sun. “Eu estava me envolvendo em relações ruins, falando línguas que não eram as minhas e não compreendendo as histórias da minha própria humanidade. Erros, remorso. Clemência”.

34E18A9400000578-3623363-image-a-19_1464942923258

34E18A8200000578-3623363-image-a-2_1464942126941

34E18A7600000578-3623363-image-m-24_1464943201730

34E18A6100000578-3623363-image-a-15_1464942908451

34E18A5200000578-3623363-image-a-3_1464942137863

34E18A4100000578-3623363-image-a-5_1464942146976

34E18A9D00000578-3623363-image-a-22_1464942937383

34E18A7B00000578-3623363-image-a-20_1464942927015

34E18A6D00000578-3623363-image-a-17_1464942916411

34E18A5A00000578-3623363-image-a-21_1464942932691

34E18A4A00000578-3623363-image-a-4_1464942142999

laura-DEST

Fotos: via Daily Mail

Admin Jun 24
Admin

Já imaginou que maravilha viver num lugar onde roupas fossem apenas uma opção? Viemos ao mundo sem elas e assim que saímos da barriga da mãe, alguém imediatamente se apressa para nos vestir. Quase como uma sentença vitalícia, temos de fazer isso diariamente. Contrariando as imposições sociais, a fotógrafa polonesa Magdalena Wosinska faz da nudez não só parte de seu trabalho e expressão artística, mas um estilo de vida. Uma liberdade descarada e sem medo.

A fotografia começou em meados dos anos 1990, quando ela passou a registrar momentos de seus amigos skatistas e da cena musical do metal, da qual fez parte, no Arizona (EUA). Depois houve uma imersão dentro do campo editorial e comercial, mas com uma pegada divertida, espontânea e autêntica, que tornam seu trabalho mais humanizado, mais real, mesmo que dentro de um mercado cheio de normas. Para a fotógrafa, é preciso desenvolver exatamente isso, um estilo próprio para que o mundo note seu trabalho.

magdalena-wosinska9

Vivendo em Los Angeles desde 2004, ela já tem alguns livros lançados e se destacou na internet com o projeto The Magdalena Experience, na qual retrata a si mesma completamente ou parcialmente nua em meio a paisagens e cenários inspiradores ao redor do planeta. A ideia é inspirar as pessoas e manter a ideia de que a nudez é atemporal, já que segundo a própria, “ninguém consegue dizer qual status, classe ou grupo você pertence se está sem roupa”. Aos 33 anos, Magda conversou um pouco comigo sobre suas experiências e objetivos.

Nômades Digitais: a primeira vez que vi suas fotos, tive a ideia de um “mundo nu”, o que seria extremamente libertador.  Você tem essa ideia de que não deveríamos usar roupas de maneira alguma?

Haha não, eu realmente sinto que a nudez na natureza é verdadeiramente atemporal.

– A nudez para você é sobre arte, estilo de vida ou experimento? Você se sente melhor quando está na sua própria pele? Suas experiências melhoram sua autoestima ou inspiram as pessoas a amar a si mesmas?

Eu acredito que tenha inspirado os outros a se sentirem bem em sua própria pele, com certeza! Para mim isso é sobre liberdade, arte e estilo de vida. Eu também amo lugares quentes, então é quase vicioso ter sua pele nua no sol quente em todos os tempos.

magdalena-wosinska10

– Você disse que a nudez é atemporal, o que concordo totalmente, e bem, o consumo define as pessoas e as dá status social. Você acredita que os seres humanos julgariam menos se todos eles andassem nus e sem vergonha alguma disso?

Em um mundo perfeito, se isso pudesse ser verdade, então seria um ótimo mundo para se viver.

– Como é o seu trabalho como fotógrafa? Prefere fotografar modelos, pessoas que encontra ou você mesma e por que?

Eu fotografo propagandas de estilo de vida. E eu amo fotografar pessoas reais com histórias reais, pois então posso me conectar de verdade com os meus assuntos.

Abaixo, a fotógrafa abraça a mãe, nua.

magdalena-wosinska11

 

– Qual é a melhor maneira de gastar o dinheiro que você ganha?

Em viagens e projetos de arte.

– Você se considera uma nômade digital ou cidadã do mundo? Qual país ou cidade você mais sente falta neste mundo louco?

Eu sou um dinossauro e sinto falta de casa quando estou longe.

magdalena-wosinska6

– Tem alguma dica para quem está embarcando em uma nova jornada?

É complicado ter uma rotina e manter os pés no chão, mas eu tento estar em um bom lugar e me preparar bem para longas viagens.

– Você tem um carro bem legal…curte pegar a estrada? Recomenda alguma viagem para nós?

Qual carro, o Chevelle? Essa é a coisa favorita que comprei pra mim. Eu queria um desde quando era adolescente e finalmente consegui quando completei 30 anos. Viagens na estrada são incríveis em qualquer lugar, você só precisa sair de casa!

magdalena-wosinska

– Você já esteve no Brasil? Tem planos para vir pra cá?

Fui algumas vezes. Minha irmã morou aí por anos, então eu toquei numa banda de metal chamada “Green and Wood” e nós tocamos em uma festa da Vice há uns cinco anos atrás.

– Agora, a grande pergunta: a melhor coisa de viajar é…

Aprender sobre novas culturas, conhecer novas pessoas e mudar perspectivas!

magdalena-wosinska2

Com a banda de metal Green and Wood

green-and-wood

magdalena-wosinska8

magdalena-wosinska3

magdalena-wosinska7

magdalena-wosinska5

magdalena-wosinska12

Admin Jun 24
Admin
Praia de nudismo na França libera sexo no local e vira atração no país

Se você é daquelas pessoas que curte ficar bem, mas bem à vontade mesmo, vai adorar essa ideia. As praias de nudismo são espaços mundialmente famosos, destinados àqueles que preferem circular por aí do jeito que vieram ao mundo, livres e pelados. Mas uma praia francesa tem dado o que falar porque além de permitir a falta de roupa, também libera encontros sexuais em seu território.

Os mais aventureiros já colocaram em prática há tempos aquele fetiche de fazer sexo em lugares públicos, incluindo as praias. Só que em Cap d’Agde, destino de naturistas europeus, isso é a coisa mais comum do mundo e, ao contrário das demais, não é nada proibido. Conhecida como “Cidade Nua”, por motivos óbvios, o destino de férias ao sul da França tem ganhado fama e cada vez mais adeptos ao seu lado selvagem.

Paradisíaca, a praia é o lugar certo para a prática de sexo sem preconceitos, atraindo swingers, curiosos, naturistas e quem mais quiser sentir esse clima quente. As pessoas não só frequentam a praia completamente nuas, mas também circulam por uma parte do balneário desta maneira, como em bancos e lojas. Quando a noite cai, a cidade vibra com mil ofertas de bares, clubes e restaurantes que trazem vantagens aos libertinos. E aí, você se atreve?

Admin Jun 24
Pages: 1 2 »